Cuidar do ambiente do parto não é modismo, é ciência


Você já reparou como é o clima do ambiente na assistência a um parto humanizado? Calmo, na penumbra, leve e silencioso? E sabe qual é o motivo de prezarmos tanto por essa tranquilidade?


Para parir, a mulher precisa que vários hormônios sejam produzidos: prostaglandina, ocitocina e melatonina, por exemplo. Esse desencadeamento hormonal é muito importante para que a gestante consiga viver o processo do trabalho de parto da melhor forma.


A melatonina, por exemplo, é o hormônio do escuro. E esse é um dos motivos pelos quais a grande maioria das mulheres entra em trabalho de parto durante a madrugada, já que a melatonina se associa à ocitocina para ajudar nas contrações do trabalho de parto.


Já as prostaglandinas (sinais químicos lipídicos similares a hormônios, mas que não entram na corrente sanguínea), possuem também uma enorme importância, pois são as responsáveis pelo preparo e dilatação do colo do útero.


A tão famosa ocitocina, responsável pelas contrações uterinas, é considerado o hormônio do amor, e está bastante ligada à sensação de prazer e bem estar físico e emocional. Ou seja, precisamos de um ambiente que possa nos proporcionar relaxamento.


Depois de descobrir isso tudo, faz sentido pra você aquele quanto escurinho que vemos nos vídeos de parto? Uma luz muito forte poderia inibir a produção de melatonina. Já um ambiente hostil estimular a produção de adrenalina, e inibir a ocitocina.


Então, saibam que cuidar do ambiente do durante o trabalho de parto é algo de extrema importância. Não tem a ver com fofura ou modismo. É ciência pura!


Para você esse clima foi importante? Conta pra gente!


#livrematernagem #partohumanizado #partonormal #doulas

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Logo LM Branco.png