10 coisas que não te contam sobre o puerpério mas a gente te fala


1. Pode ser que você chore muito nos primeiros dias. Muito mesmo. E sem entender o motivo. São muitas mudanças físicas, hormonais e emocionais. É normal;


2. Sua barriga vai ficar estranha. Tudo vai parecer solto. Use uma calcinha mais alta. Ela pode te ajudar;


3. Diferentemente do que você cresceu ouvindo, a cinta não ajuda o corpo a voltar mais rápido pro lugar. Ele foi casa por 9 meses e sofreu modificações intensas. Tenha paciência com ele;


4. O famoso “teve parto normal, tá nova” é mais raro do que se imagina. Seu períneo (tendo lacerado ou não) pode arder, você pode sentir incômodo pra sentar. Um bebê passou por ali. É natural o incômodo. Coloque gelo, ou um absorvente gelado também pode te ajudar;


5. Spray de andolba na vagina pode ser um grande aliado;


6. Amamentar incomoda nos primeiros dias para a grandíssima maioria das mulheres. Não falamos de dor intensa, mas de incômodo. Quase nunca acompanhamos casos de dor zero;


7. Nem toda fissura mamilar é sinal de pega errada. A maioria das vezes é, mas existem alguns problemas que não tem relação somente com a pega. Não demore para pedir ajuda. No sinal do menor problema, contacte uma consultora ou vá a um banco de leite;


8. Seu humor pode variar demais. É normal acordar muito feliz depois de uma noite menos caótica e depois, no decorrer do dia, se sentir triste. Acredite, é normal;


9. Mais normal ainda é, em alguns momentos, sentir raiva do seu bebê. Ninguém fala sobre isso pra não ser queimada em praça pública, mas, principalmente no primeiro mês, os sentimentos ambivalentes são muito presentes. Peça ajuda!;


10. Amamentação requer dedicação. Na vida real vai ter leite vazando, bebê te sujando e peito de fora o dia todo. Adeque a sua expectativa para não se frustrar!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Logo LM Branco.png